Quem sou eu?

Quem Sou Eu?...
Marilena Trujillo

Não tento agradar,
Não temo tentar,
Errar, me arrepender...
A vida é uma bolha,
Enche o saco, estoura...
Sou aquela que destoa...
Que faz versos à toa...
Que gosta da noite,
E da fina garoa...
Não tenho preso o rabo,
Escrevo por prazer, ainda
Que com um travo amargo.
Não temo desagradar...
Tanto faz, me criticar ou elogiar,
Minha paciência,
Sempre anda por um fio...
Entrega é loucura,
Cai num imenso vazio...
Sou metade amor, doçura,
Metade revolta, amargura...
Sou sentimentos confusos,
Canto, silêncio, clausura...
Sorrisos e lágrimas...
Tempestade e calma...
Sou eu morando,
Com minha rebelde alma.
Quem sou eu? - Mulher, um
Anjo ou um vendaval?
Eu sou algo inaceitável,
Eu sou eu e ponto final...
Mary Trujillo
06.05.2005


Minha filhinha Sapeka.
Mãe do Pepeto e da Fifi.
São meus três peludinhos amados.
Mary Trujillo


Meus dois nenéns queridos
Pepeto & Fifi.
Filhos da minha gatinha siamesa...
que é linda e de olhos bem azuis.
Amo meus três filhinhos.
Adoro os animais!
Mary Trujillo




Ping Pong


Meu Canal de vídeos
no You Tube


Mujer Apasionada


Roberto Carlos.
O eterno "Rei"



Elis, sempre "Regina"!






♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Data/Hora ♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥








♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Música ♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥




Chris de Burgh "Lady in Red"



♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Award♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥






♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Meus Blogs/Site♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥









♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Grupo♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥




Venha fazer parte do grupo
"Doce Mistério"
O grupo mais alegre e gostoso da Net!
É só clicar no selinho!

♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Vídeos Favoritos ♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥



Salvatore Adamo Tombe la neige Amo esta música e o Adamo! Mary Trujillo

Richard Clayderman Murmures - 1980 Estudei piano, adoro piano... E... Richard Clayderman é o máximo! Meu pianista favorito! Mary Trujillo

Michael Jackson, Music and me. Que voz & que música! Tudo de bom! Mary Trujillo

Fagner
Espumas ao Vento
D++++
Mary Trujillo

Clipe
Elis Regina
O Bêbado e a Equilibrista

Roberto Carlos & Luciano Pavarotti
Ave Maria 1998
Tony Carreira - Tu levaste a minha vida
Ao vivo no Coliseu
dos Recreios em Lisboa
Thalia
Piel Morena

Presente da Querida
Yara Nazaré




♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Histórico ♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥




- 31/07/2016 a 06/08/2016
- 30/09/2012 a 06/10/2012
- 19/02/2012 a 25/02/2012
- 14/08/2011 a 20/08/2011
- 23/01/2011 a 29/01/2011
- 18/07/2010 a 24/07/2010
- 11/07/2010 a 17/07/2010
- 25/04/2010 a 01/05/2010
- 04/10/2009 a 10/10/2009
- 03/05/2009 a 09/05/2009
- 25/01/2009 a 31/01/2009






♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥ Amigos ♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥...♥




- UOL - O melhor conteúdo
- BOL - E-mail grátis
- Mujer Apasionada
- Ógui Lourenço Mauri
- Canteiro de Versos
- Yara Nazaré
- Mundo Virtual de Besty Calisto
- Faria Canto Mágico & Sonhos
- Amor em Verso e Prosa
- Ana María Zacagnino
- Simplesmente Beija Flor
- Lupércio Mundim
- Meus Momentos
- Site José Ernesto
- Nina Aguamarina
- Vida - Reflexión
- Blog Sylvia Cohin
- Vera Jarude
- Eda C. da Rocha
- Recanto dos Sonhos
- A voz do Coração
- Fragmentos dos meus sonhos
- Cenário de Sentimentos
- Sonhando com José Maciel - Cantinho Latino
- Mapay de Matty Canales
- Família Borba Pinheiro
- Recanto & Encantos
- Nadir A D'Onofrio
- Grace Spiller
- Vida Transparente
- Porto dos sonhos & das Poesias
- Ramore Poemas
- Ligia Tomarchio
- Seara da Cultura
- Na exposição do meu céu interior: O coração
- Minha Casinha
- Coletânea do Saber
- Vera Mussi Poesias
- Desde mis silencios
- Agregarte Maria Cristina Garay
- Diccionario Maria Cristina Garay
- Escritores & Poetas
- Nan Hoelzle
- Criando Sonhos
- Alma Arte Poesia
- Alma Cigana Mary Trujillo
- Fantasias da Alma
- Poetas de Ouro
- Pensamento Liberal
- Homenagem aos poetas e formatadores
- Zilca Poesias



Indique esse Blog


Contador:

Livro de Visitas


Código html:
Cristiny On Line


Templates:





Orgulho de ser Mulher
Marilena Trujillo
 
Mulher eu sou e tenho orgulho ser....
Pois graças ao meu doce veneno.
Faço de ti meu menino, meu pequeno,
Amado, feliz, pacificado e sereno...
 
E na noite, meu toque de carícia,
Tira teu juízo, teu chão, tua razão.
Te acende, embriaga e assanha...
Mas oferece o paraíso, a emoção!
 
E quando entre mil beijos, te ofereço,
Minha vida, meu ser, alma e coração.
Sou alimento, essência, tua existência.
Vejo-te tão frágil, tão meu, só paixão!
 
Mulher eu sou e tenho orgulho de ser,
Não sou feminista, não choro minha sina.
Sou cheirosa, sexual, delicada, abusada.
Adoro ser desejada, tua fome me fascina!
 
Sou mulher e tenho orgulho de ser...
Adoro poder ser carente, frágil, mimada...
E pelas esquinas do teu corpo me perder!
Pois sou mulher e só desejo ser amada!
Mari Trujillo
05.03.2005

Respeite os direitos autorais

(c) 2009
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados



- Postado por: Mary Trujillo às 22h33
[ ] [ envie esta mensagem ]





Uma noite a sós...
Marilena Trujillo

Uma noite a sós... Uma noite de amor...
De um sonho real... Espargindo desejos...
Uma noite de cálido e inebriante perfume.
É tudo o que você quer... E que eu almejo...

Uma noite em seus braços, misturando
Bocas, pernas, carinhos e amassos...
Roçar de pele, de mãos, confissões...
Delírios... Frenesi... Descompassos...

Uma noite só nossa... Entre sedas...
Banhada de luz... Como a lua, nua..
Segredos revelados... Devassados...
Minha alma, toda encaixada na sua...

Licor nas taças, a paixão brindando,
Noite fulgurante... Brasa... Fogo!...
Cerejas vermelhas, beijos doces...
Agora tudo que for loucura, é pouco!

Uma noite só nossa, nas nuvens,
Na terra... No mar... No chão...
Tudo é vida, êxtase... Comunhão...
Sublime entrega.. Desmaio, adoração!

A noite é só nossa... Vida minha...
De total carinho, emoção... Doação,
O sonho valeu... Valeu a espera...
A saudade... Valeu o amor no coração!
Mary Trujillo
02.07.2006

Respeite os direitos autorais

(c) 2009
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados



- Postado por: Mary Trujillo às 22h32
[ ] [ envie esta mensagem ]





Doce Pecado
Marilena Trujillo

Hoje enfrentaremos tudo,
Passeio de mãos dadas, risadas
Com direito a cinema, algodão
Doce, cenas de amor escancaradas

Hoje nada mais quero saber,
Estou aqui, vim atear fogo
Em suas vestes, seus lábios.
Rastear com beijos seu corpo

Quero sussurros, quero dengos,
Carinho ousado, abraço apertado.
Vida escorrendo entre os dedos
Seu peito amado colado e suado...

Que se dane tudo, o mundo!...
Quem não conhece o poder,
A força imperiosa do amor...
O vulcão do desejo, o querer...

Hoje arrelio a vida dos tolos,
Que para mostrar sensatez..
Passam a vida querendo amar,
Falando de juízo e lucidez...

Hoje quero olhos nos olhos,
Mãos macias em minhas costas.
Arrepio percorrendo a nuca...
Só amor e palavras gostosas...

Sua voz de veludo convidando,
Como um anjo louco, alucinado.
Abro os braços cheia de paixão...
Viva a vida, o nosso doce pecado!
Mary Trujillo
15.02.2005

Respeite os direitos da autora


Dulce Pecado
Marilena Trujillo

Hoy enfrentaremos todo,
Paseo de manos dadas, risas
Con derecho a cine, algodón
Dulce, escenas de amor despatarradas

Hoy nada más quiero saber,
Estoy aquí, vine a ponerle fuego
A tus ropas, a tus labios.
Recorrer con besos tu cuerpo

Quiero susurros, quiero mimos,
Cariño osado, abrazo apretado.
Vida escurriéndose entre los dedos
Tu pecho amado pegado y sudado...

¡Qué se arruine todo, el mundo!...
Quien no conoce el poder,
La fuerza imperiosa del amor...
El volcán del deseo, el querer...

Hoy irrito la vida de los necios,
Que para mostrar sensatez..
Pasan la vida queriendo amar,
Hablando de juicio y lucidez...

Hoy quiero tu mirada con la mía,
Manos suaves en mi espalda.
Un escalofrío recorriendo la nuca...
Sólo amor y palabras deliciosas...

Tu voz de terciopelo convidando,
Como um ángel loco, alucinado.
Abro los brazos llena de pasión...
¡Viva la vida, nuestro dulce pecado!
Mary Trujillo
15.02.2005
 
Respete los derechos de la autora
Versión en Español: David Yauri

(c) 2009
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados



- Postado por: Mary Trujillo às 22h31
[ ] [ envie esta mensagem ]





Conto de fadas

Florbela Espanca

Eu trago-te nas mãos o esquecimento
Das horas más que tens vivido, Amor!
E para as tuas chagas o ungüento
Com que sarei a minha própria dor.

Os meus gestos são ondas de Sorrento...
Trago no nome as letras duma flor...
Foi dos meus olhos garços que um pintor
Tirou a luz para pintar o vento...

Dou-te o que tenho: o astro que dormita,
O manto dos crepúsculos da tarde,
O sol que é de oiro, a onda que palpita.

Dou-te, comigo, o mundo que Deus fez!
Eu sou Aquela de quem tens saudade,
A princesa de conto: "Era uma vez..."
Florbela Espanca

(c) 2009
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados



- Postado por: Mary Trujillo às 22h30
[ ] [ envie esta mensagem ]





Vinícius de Morais

Soneto do amor total

Amo-te tanto meu amor... Não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te enfim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.
Vinícius de Moraes

(c) 2009
São Paulo - Brasil
Direitos Registrados



- Postado por: Mary Trujillo às 22h29
[ ] [ envie esta mensagem ]